Telefones para Contato
BALNEáRIO CAMBORIú Em Manutenção (47)99661-6138
Ligamos para Você
2 Fale Conosco
Imobiliária Camboriú Investimentos | CRECI 4002-J | Balneário Camboriú SC

Artigos » Custos com documentos na hora de comprar seu imóvel

Publicado na Segunda, 12 de dezembro de 2016, 10h23
Custos com documentos na hora de comprar seu imóvel

 

Realizar o sonho da casa própria vai muito além do pagamento do próprio imóvel, é preciso estar atento aos custos com documentos também.

Estes gastos vão além de taxas e impostos envolvidos em uma negociação, é necessário que esteja preparado para a burocracia documental também.

Portanto, nossa primeira dica é que você se programe para estes custos extras para que eles não pesem em seu bolso.

Conheça alguns destes custos:


ITBI

O primeiro custo documental é com o ITBI (Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis).

Este custo é cobrado em casos de transferências de propriedade, e fica por conta de quem está comprando o apartamento, casa ou terreno.

Vale ressaltar que em caso de permuta, o valor é dividido entre as partes.

O valor da taxa é aplicado sobre o valor do imóvel, e varia de acordo com a cidade. É necessário que seja verificado na prefeitura.


Registro de Compra em Cartório

Entre os custos com documentos está o registro de compra em cartório.

Sem este documento o imóvel permanece no nome do vendedor, portanto é um documento exigido na compra e de extrema valia.

O valor varia de acordo com o estado, e é fixo em cada faixa de preço do bem.

Por exemplo, a taxa cobrada em um imóvel que custa R$ 250 mil será diferente da taxa cobrada na compra de um imóvel no valor de R$ 800 mil.


Escritura

Este documento também tem um preço, pois ele represente o contrato de compra e venda.

Tem valor definido por tabela de acordo com a faixa de valor do imóvel e também varia em cada estado.

Para quem optar por um financiamento, este documento não é necessário, já que o contrato do financiamento tem força de escritura.

É importante saber que em gastos altos, existe uma lei que garante um desconto de 50% no registro e na escritura, caso o cliente esteja comprando o primeiro imóvel através do SFH e com valor máximo de R$ 500 mil.

Neste caso, é importante apresentar um documento por escrito informando que se trata da compra do primeiro imóvel.

Vale ressaltar que, se pessoa já foi proprietária de um apartamento ou casa, mesmo que não o tenha mais, ou recebeu de herança ou por meio de doação, não tem direito ao abatimento.


Certidões

Mesmo que não seja documento obrigatório, não é de praxe abrir mão deles, e este trabalho pode ser feito por despachantes, que cobram cerca de R$ 600 reais.

Em caso de financiamento, o custo pode ser maior.


Jogo de Certidões

Certidão de Propriedade, com negativa de ônus e alienações, expedida pelo Cartório de Registro de Imóveis da Capital;
Certidões Negativas dos Cartórios de Protestos da Capital, abrangendo o período de cinco anos anteriores à data;
Certidões Negativas dos Distribuidores Forenses das Justiças Estadual e Federal e Executivos Fiscais – Estaduais e Municipais, abrangendo o período de 10 anos anteriores à data;
Certidão dos Distribuidores da Justiça de Trabalho;
Certidões de objeto e pé de eventuais ações, execuções ou protestos, constantes das certidões antes referidas;
IPTU de 2016, com as parcelas vencidas até a data devidamente quitada;
Capa do IPTU de 2015 para cálculo do ITBI;
Certidão Negativa da PMSP, dando plena quitação dos impostos municipais até a data da transmissão da posse;
Comprovante de pagamento da última conta de energia, água e gás, se houver;
Cópia autenticada do RG e CPF, da Certidão de Casamento e do pacto antinupcial;
Declaração da administradora condominial dando plena quitação das despesas condominiais até a data, com documento comprobatório dos poderes de quem a assina.
Vale ressaltar que…

Se os custos com documentos ainda sim, forem muito altos, eles podem ser incluídos no financiamento bancário.

O percentual pode ficar em torno de 5% do valor do imóvel para taxas, registro, ITBI e escritura.

O mais importante é que sejam providenciados, para evitar dores de cabeça futuramente.

 

CLIQUE AQUI E VEJA QUAL O IMÓVEL IDEAL PARA VOCÊ

Fonte: Guilherme Duarte - Corretor X Referencia 3.0